sábado, 14 de maio de 2011

Ela


Ela talvez se torne uma canção
Caneta, mais folha, mais rima e o coração
Na minha vida, a mais bela combinação
Feito com amor, com a alma e a união

Falar de tudo que é bom e marcante pra mim
Contudo nem sempre espero um sim
Vou a fundo, conteúdo é tudo no fim
Não mudo se Deus trilhou na minha vida assim

Enfim eu sigo, levo tudo comigo
Contigo eu sinto que sou mais que amigo
Você chegou depois e já está em primeiro lugar
Deixei algumas de lado pra vir te amar

Ouvir o coração, pegar a caneta
Amor de verdade, não apenas uma letra
Deixar o mundo de lado falando sozinho
Agradecer-te por entrar no meu caminho

Rodrigo R. Palauro

2 comentários:

  1. Oiee passei p/dexar minha marca! amei todos!

    Bjsss boa sorte..

    Hellem...

    ResponderExcluir