domingo, 3 de junho de 2012

Despertar

O olhar desperta olhar
O beijo desperta carinho
O vento bate na alma
Me despertando de um sonho sozinho

Em casa, almoço, jantar
Na mesa eu, você e vinho
Gentileza desperta amor
Ao dormir não sonho sozinho

Em casa, sala e sofá
Eu e você abraçado juntinho
Teu cafuné desperta em mim sono
E ao acordar posso contar que não estarei mais sozinho

Rodrigo Ramos Palauro

2 comentários:

  1. Lindo. "O olhar desperta olhar..." *-*

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir